segunda-feira, 27 de junho de 2016

Colorido AIDAcara no Funchal

O colorido AIDAcara da companhia AIDAcruises, está de regresso ao Funchal, na ilha da Madeira nos seus cruzeiros semanais de verão pelas ilhas Atlânticas.
Atracou no molhe da pontinha pelas 8h30m, vindo do porto de Las Palmas, na ilha de Gran Canária e vai pernoitar para amanhã rumar à ilha de Lanzarote.
Text and images copyrights; Texto e imagens com direitos reservados; Sergio Ferreira-Funchal.

domingo, 26 de junho de 2016

Oriana e Wind Surf em Lisboa

Lisboa, recebeu a escala do paquete Oriana da companhia P&O Cruises e o Wind Surf da companhia Windstar Cruises.
O Wind Surf entrou de madrugada no estuário do rio Tejo, pelas 2h30m vindo do porto de Tanger e rumou pelas 14h, ao porto de Leixões.
O Oriana vindo de Santa Cruz de Tenerife, atracou pelas 9h e teve a saída pelas 18h, rumo a Southampton, no Reino Unido.
Text and images copyrights; Texto e imagens com direitos reservados; Rui Agostinho-Lisboa.

Saída do veleiro US CGC Eagle do Funchal

Depois duma estadia de três dias na cidade do Funchal, o navio-escola US CGC Eagle, o veleiro da Guarda Costeira Americana teve hoje a sua saída.
Aconteceu pelas 15h, com apoio dos rebocadores da Apram, o veleiro  US CGC Eagle rumou a Hamilton, nas Bermudas.
 Depois vai rumar ao seu porto "base" na US Coast Guard Academy , New London , Connecticut , EUA, para terminar esta viagem de instrução de cadetes e oficiais para a Guarda Costeira.
Text and images copyrights; Texto e imagens com direito reservados; Sergio Ferreira, Funchal.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Encontro de NRP Sagres e US CGC Eagle no Funchal



O navio escola   NRP Sagres da marinha Portuguesa,  fez uma arriba à cidade do Funchal, a caminho do Brasil, para os jogos Olímpicos, por três motivos que não estava agendada, pois estava a rumar ao porto da Praia em Cabo Verde e deu-se na baía do Funchal o encontro de dois veleiros da mesma classe o veleiro português  NRP Sagres e o americano US CGC Eagle.
Um dos motivos é que a bordo leva a bandeira Portuguesa, que o madeirense João Rodrigues irá levar como porta-estandarte nos Jogos Olímpicos do Rio deste verão.
Embora esteja a passar devagar ao largo da cidade do Funchal, a verdade é que  o velejador olímpico madeirense de windsurf  João Rodrigues, foi saudar pessoalmente  a NRP Sagres, ao largo na sua prancha de windsurf, como podemos ver nestas imagens,  bem que esta passagem foi assinalada e ficou o registo.  
Houve também desembarque de tripulação da marinha Portuguesa, para uma lancha, também aproveitou para ter o encontro com a sua "irmã" americana, a "Barque Eagle", que está em porto para um encontro "histórico" de "tall ships" na cidade do Funchal. 
 O navio NRP Sagres também é de três mastros foi lançado sob o nome Albert Leo Schlageter em 30 de Outubro 1937, nos estaleiros Blohm & Voss , em Hamburgo para a marinha da Alemanha . O navio foi nomeado após Albert Leo Schlageter, depois da II Guerra Mundial, quando a guerra terminou e, finalmente, confiscado pelo Estados Unidos .
Em 1948, os EUA venderam a ela para Brasil por um preço simbólico,  navegou como navio-escola para a Marinha do Brasil sob o nome de Guanabara. Em 1961, através da mediação perseverante do embaixador Teotónio Pereira , que também era um homem do mar, amado barcos a vela e tinha sido um organizador dos primeiros Corrida dos navios altos , a Marinha Português comprou para substituir os Sagres navio escola anterior (que foi transferida para Hamburgo , onde ela é um navio museu sob seu nome original Rickmer Rickmers ). A Marinha Português renomeado seu Sagres (o terceiro navio do mesmo nome).
 O USCGC EAGLE, anteriormente o veleiro Horst Wessel,  é um veleiro 295 pés (90 m), com os seus três mastros, usado actualmente para treinos para futuros cadetes e oficiais da Guarda Costeira dos Estados Unidos .   Construído no mesmo estaleiro que o veleiro Sagres, como o alemão navio de treino de vela Horst Wessel, em 1936, serviu para treinar marinheiros alemães em técnicas de vela até desmantelada no início da II Guerra Mundial .  No final da guerra, o veleiro Horst Wessel, ficou para a marinha dos  EUA como navio "confiscado" de guerra .
O design da classe " Gorch Fock"da marinha alemã,  provou altamente bem sucedido, numa série de cinco navios construídos pelos estaleiros Blohm & Voss , actualmente dos quatro originais veleiros "irmãos" , a única Mircea da marinha Romena, é uma réplica exata do veleiro alemão Gorch Fock.  a Eagle (ex.Horst Wessel) e Sagres (ex.Albert Leo Schlageter), são 7 metros (23 pés) maiores, e todos os três têm motores auxiliares ligeiramente mais potentes. Houve só uma que não está no activo o veleiro Horst Wessel, danificado em um ataque a bomba em 1945, e, em vez de ser vendido para o Brasil como tinha sido considerado, acabou sendo preenchido com granadas de gás e afundado no Skagerrak , em 1947.
Text and images copyrights; Texto e imagens com direitos reservados; Sergio Ferreira-Funchal.